Porque a obesidade causa diabetes?

Todos sabemos o quanto o peso elevado pode causar problemas à saúde. Os mais listados são relacionados ao coração, como má circulação e problemas no funcionamento do órgão vital que podem levar à sua parada. Mas pouca gente analisa os cuidados com o corpo com o desenvolvimento de uma diabetes. A diabetes pode tanto ser agravada como surgir em pacientes com peso elevado.

diabetes e obesidade

A diabetes é quando seu organismo metaboliza errado os alimentos e acaba deixando o corpo com excesso de glicose. O organismo precisa mesmo de glicose para a queima e produzir energia para o seu funcionamento. Mas seu excesso causa problemas ao organismo e seu funcionamento, e acontece porque a insulina está em baixa quantidade, por isso alguns níveis de diabetes precisam da ingestão de insulina para funcionar melhor.

A relação entre diabetes e obesidade

Por que existe a relação tão comum entre o aumento de peso e a obesidade? Os médicos informam que é por conta das células de gordura. Em maior quantidade, elas não deixam a glicose se firmar à célula, aumentando a quantidade de açúcar no sangue. Neste caso, o paciente vai precisar de mais insulina para conseguir manter as taxas normais.

Uma pessoa comum consegue queimar a glicose com muito mais facilidade que uma pessoa obesa porque as placas de gordura não impede à aderência da glicose. Nas pessoas gordas, o processo é muito mais lento e a taxa de glicose vai nas alturas.

Os problemas relacionados com a diabetes são diversos. Como o corpo não consegue metabolizar a glicose e ela não se transforma em energia, os órgãos sofrem com isso. Os casos sérios são de cegueira e amputação, mas há também problemas na cicatrização, dores no corpo e não se pode ter uma dieta normal. Um diabético deve controlar sua alimentação ao máximo para ingerir a quantidade ideal de açúcar para o seu bom funcionamento e atividade metabólica.

O que os obesos devem fazer?

Os médicos costumam como primeiro passo para uma pessoa obesa controlar a dieta e reduzir a ingestão de açúcar porque ela pode gerar uma diabetes, mesmo que a pessoa não tenha antecedentes na família. Os casos mais graves necessitam de ingestão de insulina pontualmente, mas em taxas controlas e pode ser uma remediação temporária.

Em alguns casos pode-se ser determinado pelo médico a ingestão de hipoglicemiantes orais, medicamentos que agem como a insulina no controle das taxas de açúcares no sangue. A proposta tanto da insulina como dos hipoglicemiantes orais é manter os níveis da diabetes controlados.

O excesso de peso e a forma como o corpo vai produzir energia com a glicose é uma das relações mais preocupantes para os médicos, pois pessoas obesas sem histórico de diabetes seja de qual for o tipo podem desenvolver a doença. A dieta é um dos principais tratamentos tentar controlar o problema de forma saudável e sem ingestão de medicamentos.

1 comentário, deixe sua opinião também!

  1. Claudia em 13 de outubro de 2014 às 16:26

    Por um lado sensacional, adoro aprender esses assuntos. Por outro lado da medo ler ou escutar a verdade. Estou com 90 kilos e apavorada. Sou viciada em cafezinhos ao longo do dia, todos com acucar. Se puderem me enviar algumas dicas agradeco desde ja. Muito muito muito obrigada. Ha! Se puderem tambem me orientarem com explicacoes e alimentacao, agradecerei mais ainda, pois meu filho teve repentinamente uma pancreatite aguda em maio de 2014. Ele nunca bebeu nem nunca fumou e o peso dele era de 74. Caiu pra 54 e agora estacionou em 64, ha mais 8 meses,meu chao abriu. Se puderem me ajudar agradeco desde ja. Muito obrigada. Claudia.

Faça seu comentário